Hora de Mudar

Capa do Livro

Hora de Mudar
Título original: Time for a Change
Editora: Rocco
ISBN: 8532515231
Escrito por: Richard Bandler

Sinopse:

O objetivo deste, como de todos os outros livros de Richard Bandler, é bem simples: melhorar a vida das pessoas. Escrito num tom de conferência, Hora de mudar faz jus ao título, já que o autor percebe padrões de comportamento nos outros e estimula mudanças que podem tornar a vida bem mais prazerosa. O objetivo de seu trabalho é achar uma espécie de modelo matemático do comportamento humano, que permita, entre outras coisas, o desenvolvimento de novas e mais eficientes possibilidades de aprendizado.

Criador da Programação Neurolinguística (PNL), junto com John Grinder, Bandler utiliza técnicas de hipnose e compara seu trabalho a um livro de receitas. "Não há um bolo de chocolate bom ou ruim, até que você o prove." Nos seminários que realiza no mundo inteiro, é comum que ele deixe algumas pessoas em transe, embora explique que, ao contrário do que muitos pensam, quem participa deste tipo de experiência não perde o controle de si mesmo. O objetivo do transe, "esta rara e única oportunidade para pegar os recursos que estão lá no fundo de sua mente", é ganhar habilidades, como "controlar a pulsação do coração, a pressão sanguínea, melhorar a capacidade de lembrar, usar força física ou destreza, controlar o tempo e as percepções".

Bandler diz, para justificar o procedimento, que é mais fácil trabalhar em estados alterados. "Você constrói uma crença. Entra-se num poderoso estado alterado e instala-se uma crença que pode abrir esta porta, aquela porta." Ele ressalta que o cérebro humano é muito rápido para formar padrões. "É mais fácil curar uma fobia em dez minutos do que em cinco anos", explica, argumentando que a cura precisa não apenas ser feita, como repetida rapidamente para que o cérebro a compreenda. Para ele, o cérebro deveria vir com o manual do proprietário.

O mesmo argumento pode ser usado, segundo Bandler, para entender como as crianças aprendem rapidamente uma língua estrangeira, mesmo não sabendo bem a nativa. "Quando os bebês começam a aprender a falar, não sabem que a linguagem existe." Segundo ele, os adultos se preocupam demais com os detalhes e se esquecem de filtrar a informação.

Um dos capítulos do livro se chama "Acredite no riso" e mostra as vantagens de se encarar os problemas com humor. "Com a capacidade de rir, você terá a liberdade de escapar de seu próprio modelo do mundo." Este modelo, ele explica, é formado de acordo com nossas percepções e crenças. "Quando você se divertir no seu trabalho, mais dinâmico ele será e a vida será melhor ao seu redor. Isso eu garanto."

Para comprar: Livraria Cultura
Você pode tentar livros usados na Estante Virtual
Veja também comentário deste livro em Livro do Mês - Novembro de 2003

Categoria: