Escrevendo livremente

Escrito por: 

Publicado em: 

ter, 14/08/2007

"Escrevendo Livremente" é o fluxo da consciência por escrito. Isto permite que você se torne ainda mais atento ao seu diálogo interno – a subvocalização a que todos nós nos ocupamos durante a maior parte das nossas horas acordadas.

Frequentemente o conteúdo desse diálogo interno pode ser inútil. Por exemplo, nós podemos passar grande parte do nosso tempo nos auto criticando, ou solapando a nossa confiança, ou repudiando as nossas próprias realizações, ou tendo "padrões devia fazer" que podem ter sido relevantes quando éramos crianças mas que hoje não são mais apropriados.

A técnica "Escrevendo Livremente" é uma maneira proveitosa da pessoa se conhecer e de por em dia o que ela subvocaliza. Também é um excelente exercício de limpeza mental para ser realizado ocasionalmente. E pode ser especialmente proveitoso quando você está num período muito estressante, sob pressão ou em pânico.

Abaixo está uma maneira da aplicação da técnica – experimente para descobrir a maneira que funciona melhor para você.

  1. Escolha um período do dia em que você consegue ficar sozinho e sem ser perturbado por cerca de 10 a 15 minutos.
  2. Tenha à mão um lápis ou caneta e algumas folhas de papel – serve papel de rascunho visto que você mais tarde vai destruir o que escreveu.
  3. Agora comece a escrever. E já que começou, continue a escrever sem parar! Não importa se você não consegue se lembrar de alguma coisa para escrever – nesse caso apenas escreva: "Eu não consigo me lembrar de algo para escrever, etc., etc."
  4. Você escreve tudo que vem a sua mente – tão rápido quanto puder – sem parar, conforme for acontecendo!
  5. Não censure – deixe tudo aparecer no papel – não importa se for incomum, surpreendente ou inaceitável.
  6. Você na realidade está transcrevendo o seu próprio diálogo interno. Escreva rápido e furiosamente. Cada simples pensamento. Mesmo os que são irrelevantes na aparência.
  7. Pare de escrever depois de fazer isso pelo menos durante dez minutos ou de maneira ideal, quando os pensamentos deixarem de fluir completamente.
  8. Agora faça um intervalo de cerca de cinco minutos. Levante-se e caminhe um pouco. Faça algo não relacionado com essa atividade. Você está fazendo isso para mudar o seu ânimo.
  9. Agora retorne e leia o que você escreveu. Perceba as questões que surgiram.
  10. Agora racionalize sobre essas questões – ou, se você é um Practitioner de PNL, use os modelos de linguagem para reconhecer as questões e padrões do seu próprio pensamento.
  11. Quando você tiver terminado, destrua as anotações. Essa é uma etapa muito importante porque destruir as anotações alguns minutos depois de escrevê-las o convence que ninguém, exceto você, irá ler o que escreveu. E isso o convence de que está correto colocar tudo no papel.

Esse método funciona melhor quando é feito regularmente por algumas semanas. É tanto uma maneira de desanuviar a sua mente como de desenvolver a consciência do que você fala para você mesmo dentro da sua cabeça.

O artigo original, em inglês "Writing Freely" encontra-se no site:
https://pe2000.com/self_help_techniques/writing_freely/

Categoria: