Artigos de PNL sobre o uso da Linguagem

Embora pequenas, existem palavras que podem impedi-lo de realizar o que você deseja ou criar uma ilusão de progresso que não existe. Você provavelmente usa ou ouve outras pessoas usando essas palavras no seu dia a dia. Esteja atento a elas e perceba o impacto que elas têm sobre como você vive a sua vida. Como pai, perceba como essas palavras podem moldar o que seus filhos vêem como possível....
Arquivo do Word para download, clique aqui A linguagem tem por objetivo a comunicação entre os seres humanos, portanto quanto mais precisa for a linguagem, melhor será o resultado de nossa comunicação. O que é a palavra não? Uma abstração. O "não", por si só, não diz nada, logo o cérebro se fixa no que vem depois do "não". Nossas mentes para saber em que não pensar, precisam primeiro pensar...
A PNL tem dois tipos de pressuposições – as linguísticas e as epistemológicas. As pressuposições linguísticas, objeto desse artigo, descrevem a informação ou as relações que devem ser aceitas como verdadeiras para fazer sentido do que está sendo falado para o ouvinte. As pressuposições epistemológicas são as crenças, regras ou princípios essenciais que formam a base de um sistema. Por exemplo,...
O Ato de Escrever Nos últimos quatro anos, trabalhei pessoalmente com cerca de 20 indivíduos que "tinham um livro dentro de si" e queriam escrevê-lo. Meio caminho andado para eles realizarem seu sonho foi o treinamento básico MetaEstados, Accessing Personal Genius (Acessando a Genialidade Pessoal). Na verdade, era esse o domínio ou o gênio que eles queriam acessar, cultivar, desenvolver, e usar...
Você terminou de compartilhar uma ideia com uma colega e a primeira palavra que ela diz é "mas..." ou "Sim, mas..." Qual é a sua reação? Você realmente acha que ela estava ouvindo? Você sente que a sua ideia foi rejeitada? Agora suponha que ela dissesse "e" ao invés do "mas". Isso soa diferente? Você tem a percepção de que ela estava ouvindo e agora está refletindo sobre a sua ideia? A palavra "...
O resgate do "por que...?" Michael Hall, Ph.D. Quando a maioria de nós deparou-se pela primeira vez com a PNL e também nos treinamentos atuais de PNL, fomos apresentados ao mantra do Practitioner – "Não pergunte por que...?" Isso é bom e apropriado. Por que? Porque a maioria de nós omite o "por que..?" mais do que o como. E o como por ser uma pergunta muito mais interessante é, de fato, a...
"Sim, mas ..."- Quantas vezes a gente ouve pronunciar essas palavras? Quantas vezes você mesmo as pronuncia? "Sim, mas eu não tenho dinheiro suficiente." "Sim, mas eu não tenho força de vontade." "Sim, mas eu não tenho tempo." "Sim, mas eu gosto de comer." Seja para perder peso, mudar a carreira, terminar um mau relacionamento, parar de fumar ou quebrar maus hábitos; se nós estivermos em...
Um aspecto poderoso da PNL é descobrir que tipo de experiência interna é eliciada pelo uso de linguagem específica. Isso nos possibilita usar a linguagem de uma maneira direta para conseguir os resultados que queremos. Muitas vezes, o cuidadoso exame de uma só palavra rende grandes dividendos e, certamente, a palavra "mas" é uma delas. "Mas" é um negador (Fritz Perls chamava-o de "matador") de...
Em seu primeiro livro, The Structure of Magic, 1, (A Estrutura da Magia, 1) Richard Bandler e John Grinder aprofundaram o estudo sobre a fonte da "magia" descrita por Freud. Ele explicaram que, quando as pessoas usam a linguagem, elas estão criando um modelo ou representação de sua experiência. Essa experiência, por sua vez, baseia-se em sua percepção do mundo. Completando o ciclo, essas...

Páginas